top of page

O segredo é a alma do negócio.


Helena decidiu encontrar com o boy, ela iria dormir na casa dele depois da faculdade.


Ele mandava mensagem o tempo todo e queria saber onde ela estava, o que tinha comido, que horas sairia de lá… Mesmo sem se decidir ela já estava de saco cheio!


Ela foi para a casa dele e cogitou ir embora, pois estava cansada. Mas o rapaz argumentou que eles poderiam ir apenas dormir, ela então cedeu e passou mais uma noite em que para onde quer que ela se movesse pela casa, ele estaria seguindo seus passos.


Depois de voltar para casa Helena foi organizando seus pensamentos, era muito difícil fazer isso com ele por perto. Ela então começou a pensar se ela queria uma vida assim de agora em diante.


Helena queria uma relação há bastante tempo, tinha a sensação de que faltava algo, mas de repente ela começou a perceber como sua vida era boa e livre. Juntas nós chegamos à conclusão de que aquele cara era um abusador em potencial, embora não fosse dos mais perigosos.


Até sua viagem Helena seguiu contato com ele somente por mensagens. O boy então começou a desconfiar que algo estava saindo do seu controle e decidiu ligar para ela para dizer como estava inseguro com a sua viagem e fazer uma série de chantagens emocionais.


Helena que já estava cansada de tudo aquilo disse a ele que iria fazer a viagem sem se sentir culpada, já que eles mal se conheciam e que já tinha esse compromisso de trabalho marcado há tempos, e, que isso seria recorrente e ponto final.


Ela também se lembrou que ele chegou a propor a ela (no terceiro encontro!) que parasse de trabalhar para que pudesse só estudar, ela chegou a sentir arrepio. O fato de Helena ter se posicionado fez ele recuar.


É bom lembrar que o abusador procura pessoas que se deixem levar por seus jogos e ela demonstrou que com ela não seria assim. Ela viajou, ele mandou poucas mensagens, ela, nenhuma, apenas respondendo educadamente.


Helena estava aflita, pois sabia como é difícil terminar o relacionamento com um abusador. Ela havia cogitado falar tudo o que estava pensando pra ele e ser o mais verdadeira possível.


Ia falar como tinha achado estranha toda a história que ele havia contado e apontar tudo que ela havia achado de errado ali.


Aqui, amiga, preste bem ATENÇÃO, esse é o ponto que eu mais quero que você guarde para o resto da sua vida: NUNCA DEIXE O OUTRO SABER TUDO O QUE VOCÊ SABE, NUNCA!


Se você está num relacionamento, mesmo que você ache o boy tudo de bom (e pode ser que ele seja mesmo) não conte a ele as informações que você sabe sobre relacionamentos abusivos.


Falei isso pra a Helena e vou falar pra você: se você conta tudo o que sabe e o cara é de fato um abusador, você está na mão dele, pois ele vai te enredar.


Não se engane: ele sempre vai dar um jeito de te enredar! E aí acabou pra você, pois, dificilmente você vai conseguir sair da armadilha que o embuste preparou pra você.


Mas se não podemos falar a verdade de tudo o que percebemos, como sair desse tipo de relação?


Qual a melhor atitude?


Vou te contar semana que vem! Não vai perder a cereja do bolo, hein?!


Adriana Caeiro

Terapeuta de Relacionamento e Escritora.



Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page