Alma antiga.

Sou uma alma antiga.


Estou em eterna reconstrução. Sou mutável dos pés a cabeça.


Todos podem me ler, mas só os crédulos são capazes de entender.


Dentro de mim moram as quatro estações. Dentro de mim tem razão, emoção e intuição. Tem furacão e calmaria.

Tem os quatro elementos: água, terra, fogo e ar. E tem também um arco-íris inteiro.


Sou uma mulher de movimentos livres. A lua é meu guia. Observo a influência de cada uma de suas fases sob o meu estado de espírito e assim consigo me entender melhor.


Sou selvagem, movo-me com a natureza. Toda mulher possui o dom de acessar os mistérios da natureza. Toda mulher tem um lado mágico e justamente por isso, as mulheres sensitivas (bruxas) foram perseguidas e condenadas ao longo da história. Mas elas permaneceram firmes em seus esforços trabalhando de maneira silenciosa para manter o equilíbrio e transformar tudo para o bem de todos.


Eu honro todas as sacerdotisas presentes na minha ancestralidade. TODAS ELAS CORREM EM MINHAS VEIAS HOJE.

Eu honro os saberes acumulados para ser merecedora de receber a sabedoria dessas mulheres.


Sim, Eu sou diferente! Que isso não te choque!

Por mim e por todas!






Texto @ranavitoria

.

@adrianacaeiro.oficial

Instagram => https://www.instagram.com/p/CIs6XcEHIOt/

.

#adrianacaeiro#terapeuta#escritora#mulherselvagem#curafeminina#amorproprio#ancestralidade#espiritualidade#poderfeminino

37 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo