COMO ME TORNAR UM TERAPEUTA?

Qual a diferença entre praticante (practitioner) e facilitador (facilitator)?

A principal diferença entre o praticante e o facilitador, é que o praticante pode executar a técnica em outras pessoas e em si mesmo, mas não tem habilitação para compartilhar o conhecimento através de cursos, já o facilitador pode expandir essa consciência e ensinar a prática a outras pessoas.

Após o primeiro curso eu já posso praticar as Barras de Access?

Sim. Após o primeiro curso você já é um Practitioner Credenciado e poderá aplicar a ferramenta para uso profissional.

Como me torno um (a) praticante?

Para se tornar um praticante, basta você participar de um dos cursos com qualquer facilitador credenciado no Brasil ou no mundo. Isso lhe dará uma certificação internacional e habilitação para fazer atendimentos em spas, casas de massagens, consultórios, centro holísticos, em casa. Como praticante você pode atender clientes, amigos, familiares, pacientes.

Se você já é um terapeuta holístico, psicólogo, médico, você pode incluir essa prática nas ferramentas de cura que já utiliza.

Me sentirei habilitado (a) em um treinamento de apenas um dia?

Sim, a maioria das pessoas após o treinamento saem capacitadas para atuar. Quando isso não ocorre, a recomendação é praticar mais de uma vez na semana com pessoas dispostas a receber.

Em alguns locais, consultórios de Barras de Access disponibilizam o espaço para que os praticantes troquem as barras. Essa é mais uma maneira de se aperfeiçoar e ganhar segurança ao executar a técnica.

Vou conseguir decorar todos os pontos em um dia apenas?

Não há necessidade de decorar os pontos, pois, no curso, você receberá um manual gráfico com todos os pontos para facilitar a aplicação e a memorização dos pontos.

Qual a recomendação para não perder a prática depois que eu me tornar um(a) praticante?

A principal recomendação é seguir aplicando nos outros. Uma boa ideia é fazer trocas com outros praticantes.

Como me torno um (a) facilitador (a)?

Se depois que você fizer o primeiro curso, se tornar um praticante e passar a utilizar essa prática no seus atendimentos, você pode escolher expandir ainda mais a sua consciência e dá a sua contribuição ao universo. Para isso, você precisa fazer três cursos iguais com facilitadores diferentes.

A ideia é que a cada facilitador você aprenda novas formas e novos conteúdos. Ao utilizar a didática desses três facilitadores, você desenvolve a sua própria.

Facilitando isso para outras pessoas, ou seja, se tornando um facilitador de barras, você poderá dar esses cursos para outras pessoas. Assim, você expande ainda mais energia. Quanto mais pessoas usarem essa ferramentas mais expansão de consciência nós teremos no mundo.

Como pode melhorar?

O que mais é possível?

Deseja ser um terapeuta praticante ?

Clique aqui  para se inscrever